Búsqueda personalizada

Páginas

domingo, 6 de setembro de 2009

Sonhar com ex-patrões

"Olá, achei seu endereço electrónico no google.
Será q poderia me ajudar?
Sempre sonho com um casal de ex-patrões meus, e nesses sonhos , q sempre são diferentes, passo nervoso, e angustia,e qdo acordo estou suada de tanta raiva q estou "vivendo no sonho". Nunca tenho sonhos bons com eles. Já não trabalho com eles tem mais de 15 anos, e mesmo assim nos sonhos ainda são meus patrões.
No período q convive com eles não tive problemas pessoais, mas vale lembrar q nao eram agradáveis, nem tenho saudade alguma daquela época.
O q significa isso?
Gostaria de não ter sonho algum com eles.
Desde já agradeço. Um abraço."
A.

Olá A.,

O que está acontecendo é que a sua amigdala cerebral conseguiu guardar religiosamente um sentimento de desconforto muito grande ao lado destas pessoas. Neste espaço do cérebro, é onde armazenamos nosso sentimentos mais profundos, quer sejam alegres ou tristes. Aí é fabricada a sensação de felicidade, mas também os perigos de depressão.

A única maneira de você parar de sonhar com eles, é tentar perdoar aos dois e pedir a Deus que eles estejam bem, dentro do possível. Livre seu coração do passado e vai ver como um dia irá tentar lembrar os rostos deles e já não conseguirá.

Todo mal, só perde a força se a gente o ignorar.
Bem haja!

Um beijo grande para ti,

Joice Worm

2 comentários:

Ane disse...

È verdade que os sonhos criam situações que nos ajudam a superar dificuldades de limitação do nosso desempenho da vida real? Por exemplo, se tenho dificuldade de dizer não a alguém, irei varias vezes sonhar que estou diante dessa pessoa precisando dar uma resposta negativa? Se eu tenho medo de algo vou sonhar com uma criança indefesa? Uma pessoa me disse que a psique é programada para nos fortalecer, nos ajudar a vencer dificuldades e nos fazer aprimorar. Quando nosso subconsciente percebe que limites auto-impostos podem prejudicar ou formar processos que interfiram no desenvolvimento saudável de nosso ser, os sonhos aparecem para nos confrontar com situações que precisamos superar. É como se ele forçasse a possibilidade de não deixarmos os estímulos externos alterarem o nosso equilíbrio. De tal forma os sonhos atuariam como um sistema de atualização, de auto-regulação e que interfere ou tenta interferir auxiliando-nos na condução do processo total de aprimoramento pessoal. Isso está certo?

Joice Worm disse...

È verdade que os sonhos criam situações que nos ajudam a superar dificuldades de limitação do nosso desempenho da vida real? Por exemplo, se tenho dificuldade de dizer não a alguém, irei varias vezes sonhar que estou diante dessa pessoa precisando dar uma resposta negativa?

R: Sim e não. O ser humano é muito inventivo. E ao sonhar é preciso cuidado para interpretar. Tanto podemos sonhar nos termos que me expôs, como podemos receber ajuda da pessoa sonhada a demonstrar exatamente a resposta que ela merecia. Você pode achar que a resposta que tem que dar, é “não”, mas se na verdade, a atitude mais acertada é dar um resposta afirmativa, o empenho do outro, enquanto sonha, força você a compreender as razões dele. Assim, confirmo que o sonho ajuda a superar dificuldades de limitações e formas de agir. Mais e melhor por não estarmos sós no mundo. A minha vontade e desejo são interagidas com a sua e de outros tantos. Enquanto dormimos em um mesmo lugar, formamos uma grande energia ativa. Por isso sonhamos uns com os outros, até mesmo quando este já está morto. Desta maneira trabalham o corpo e o espírito.


Se eu tenho medo de algo vou sonhar com uma criança indefesa? Uma pessoa me disse que a psique é programada para nos fortalecer, nos ajudar a vencer dificuldades e nos fazer aprimorar. Quando nosso subconsciente percebe que limites auto-impostos podem prejudicar ou formar processos que interfiram no desenvolvimento saudável de nosso ser, os sonhos aparecem para nos confrontar com situações que precisamos superar. É como se ele forçasse a possibilidade de não deixarmos os estímulos externos alterarem o nosso equilíbrio. De tal forma os sonhos atuariam como um sistema de atualização, de auto-regulação e que interfere ou tenta interferir auxiliando-nos na condução do processo total de aprimoramento pessoal. Isso está certo?

R: É exactamente assim. Todos os sentimentos armazenados na amígdala cerebral são utilizados como recursos para procurar respostas no sonho ou mesmo na vida real. Até mesmo os pesadelos são programados por nós. As pessoas que nele interferem e os objectos escolhidos, também o são. Tudo faz parte de um processo de aprendizado. Além disso, há forças exteriores que utilizam este mesmo meio como veículo de mensagem. Isto falando em termos espirituais. Há sonhos que são premonitórios por razões urgentes de sabedoria e são infalíveis se os sinais são verdadeiramente detectados.