Búsqueda personalizada

Páginas

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Sonho premonitório, auto-análise

SONHO:
Esta noite sonhei que estava recebendo da mão de um desconhecido, um molho fininho de dinheiro. Não me parecia muito, mas estavam muito unidos e eu sabia que tinha valor. Disse a quem me deu que iria simplesmente guardar o dinheiro.

Conclusão:
Hoje mesmo recebi pelo correio, 5 cartas das Finanças com devoluções de valores de anos anteriores que eles ainda não me haviam enviado. Vieram todas juntas, eram todas iguais e os cheques somavam pequenos valores (Upf.. claro, que pena). E pensei o mesmo que pensei no sonho. É pouco, mas vou guardar. Melhor que nada... Hehe.

Bem haja!

Caros leitores:
Por vezes vou escrevendo sonhos meus e as minhas deduções diárias para juntos interpretarmos e aprendermos esta magnífica máquina que temos em mente e que nos faz mergulhar neste mundo ainda por explorar.
Escrevo aqui com intenção de ajudar às pesquisas posteriores.

Um grande abraço,
Joice Worm

3 comentários:

Joice Worm disse...

Quero deixar claro, que apesar da coincidência do sonho, não retiro a idéia de que eles também são construídos a partir da nossa vontade e desejo.
Joice Worm

Senhor da Vida disse...

a sincronia foi perfeita nesse caso, era algo que voce ja esperava e a mente logo capitou a chegada dos dividendos, ate mesmo a reação que voce teve nas duas situações:sonho e realidade,achei bem interessante, grande beijo!

Joice Worm disse...

É o que eu digo, Senhor. Quando desejamos algo, materializamos de alguma forma. Até os sonhos trazem situações parecidas.
Um grande abraço, meu querido.