Búsqueda personalizada

Páginas

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Depois de um sonho, uma introspecção

"É... Tudo parece ainda meio dificil... e o pior é saber q outras pessoas sentem a mesma dor, e a maioria das vezes ainda pior que a minha... acho q muita coisa q vivi na fase infancia/adolecencia influenciam muito no q sinto e penso hoje qdo tinha 9 anos, meu pai tentou me estuprar e é algo q nunca consegui tirar da mente, eu digo q superei, mas isso ainda hoje me dificulta a ter uma relação sexal aberta com meu namorado. Tive muita desilução com minha mãe, era minha unica amiga, e eu cuidava dela como minha filha, quando ela teve cancer d mama, eu tinha apenas 10 anos... e ao completar 14 ela resolvel ir embora para outra cidade para se casar com um cara simplesmente sem pensar nas consequencias da filha d apenas 14 anos, sofri mta agreção verbal dela e de dua familia... Hoje posso dizer q estou um pouco melhor, moro apenas com meu irmao, tenho 17 anos, mas a responsabilidade esta em cima d mim, parece q tem alguém de 200 kilos em cima de mim, estou a mais de 6 meses sem trabalhar, talvez
minha idade atrapalhe, nao sei... sei q preciso ajudar, mas vi em tao pouco tempo, em meu namorado, o pai q nunca tive, a mae q me abandonou, a familia q qro ter, os amigos q não tenho, talvez eu tenha colocado pressão demais nele e por isso ele vem se afastando, eu só tenho ele... e nao sei o q fazer... qria fazer algo p dar sentido p minha vida, mas em todos os meus projetos ele esta, e agora q ele esta querendo ir embora nao sei o pensar... fico confusa peço perdao pelo texto... rs, foi um pequeno resumo p vc tentar entender o q sinto, ja q gosta d estudar a mente das pessoas... acabei d ler Quando Nietzsche chorou.... incrivel, talvez eu só precise jogar tudo pra fora para me curar dessa dor, mas nao tenho ninguem q possa me ouvir de verdade.... Entende?

Obrigada pela atenção Joice ^^"


Olá V.,

Sua história de vida é muito importante para seu crescimento pessoal. Todo ser humano passa por situações diversas para que possa modelar o carácter e a personalidade. Assim, o que se passou contigo aos 9 anos (que pena), serviu de ícone para o resto da sua vida como prova viva daquilo que era errado. Não há dúvida que a falta de uma figura de mãe e de pai segundo as normas gerais e normais faça de ti uma pessoa solitária tentando criar-se a si própria.

No entanto, tenha a idade que tiver, a descoberta da responsabilidade de ser feliz é o início de toda uma vida por diante. O que quero dizer é que a partir do momento em que você decidir ser feliz, irá quebrar todas as amarras do passado e irá notar que estes traumas e problemas não podem ditar regras para sua vida, nem podem ser impedimento para você se ver como uma pessoa feliz e capaz de realizar trabalhos profissionais ou amar o próximo como a você mesma. E esta última parte é a que mais importa, V. Amar a você mesma! Desta forma, amando a ti mesma (sem ser egoísta), irá procurar melhores amigos e se afastará daqueles que não te podem ensinar nada de bom ou lhe deixar com o astral mais alto... A partir do momento que pensar em ser feliz, irá procurar o caminho que por intuição lhe indicará que é o caminho certo.

Quando falo de caminho, apesar de parecer fantástico por não parecer real, digo, se há possibilidade de tirar a permissão de conduzir, se inscreva; se tiver possibilidade de fazer um curso universitário, se inscreva: se puder aprender inglês, aprenda... E assim a cada porta que você abre verá a sua casa mais iluminada. Esta casa é você, V.: RENOVADA!

Pense em ti, ame-se. Esqueça que um dia não foi feliz, que um dia sofreu... já passou.
O futuro é o que você está fazendo hoje!!

Gosto de ti! Um beijo grande,

Joice Worm

2 comentários:

Senhor da Vida disse...

É isso mesmo, a vida segue, sempre nos ensinando, e em alguns momentos, parece querer nos punir, mas é ali, que ela grita, Ei, acorda, vamos ser feliz!
Adorei o blog, bjs!

J.H. disse...

Amiga V.,

Pelo que você já descreveu vejo em você uma vencedora ! Creio que o que falta à você é poder estar cercada por verdadeiros amigos, e quanto a isso não se engane com pessoas que tem apenas aparência.
Com amigos ao redor a caminhada diária fica mais gostosa, mais cheia de significado.
Estude e tente graduar-se em alguma profissão, seja à nível técnico ou universitário.
Você tem uma alma nobre, e encontrará dentro de si mesmo todos os recursos necessários para o dia-a-dia.
Sei que as tristezas que você teve e as dores que sentiu (e sente) serão revertidas em benefício prá ti e pros teus entes queridos.