Búsqueda personalizada

Seguidores

Páginas

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Sonhar continuamente com uma amiga que morreu, neste caso:

"Dona Joice...
Muito obrigado por ter me respondido estou feliz!
Eu perdi uma irmã espiritual (a mãe dela eh minha madrinha), em Dezembro do ano passado dia 17.
E desde ai nunca mais fui a mesma, tenho muitos sonhos com ela, e depois da morte dela, fins de Janeiro desse ano,eu fico gravida,
e pensava muito nela,pensava se era ela a voltar para reencarnar, muitas pessoas dizem que isso existe mas eu às vezes que penso se pode ser verdade ou não.
E desde o principio que fico gravida eu quis tirar devido a dificuldades, e sonhei com ela varias vezes me dizendo para não tirar, que era ela que estava voltado e chorava muito. e depois acabo por tirar mesmo, e sonho com ela muito chateada dizendo não sou mais tua irmã me esquece, e desde ai nunca mais fui a mesma, desconfio das pessoas, discuto muito com o meu namorado, e ela me diz que não estou bem. tenho medo de morrer, ando na rua assusto-me à toa, não sei o que se passa comigo Dona Joice..
Esse mês (Outubro) sonhei com ela numa igreja, estava todo muito deitado nas cadeiras da igreja e eu quis ir a casa de banho então meu primo me acompanhou, e eu passei por duas mocas muito lindas e olho para uma delas e digo a meu primo ela eh tão parecida com a V. e começo a chorar, e meu primo disse não chores vem ate aqui vou te mostrar uma coisa, ele punha a cortina na casa de banho e la estava ela, eu saltei para o colo dela e começo a chorar a gritar tanto, e tva dizendo n quero que isso seja um sonho, e ela me abraçou e disse você gosta tanto de mim, e perguntou como esta a mãe dela.... e ai eu acordei e fiquei triste por ver que era um sonho.
eu sofro muito pela morte dela,sonho sempre, e isso ta fazendo com que a minha relação estrague, desconfio muito das pessoas e passo a vida agora desconfiando do meu namorado, e discutimos muito... e ele me diz que preciso de ajuda!
O que posso eu fazer se so penso nela e me doí muito saber que ela morreu?
Obrigado Dona Joice"


Olá L.,

Os seus sonhos tanto acordada como a dormir, são comandados por sua exclusiva vontade. Dependendo da forma como ela morreu, posso lhe ajudar melhor a entender o que está passando.

Seus sentimentos em relação à perda de uma criança, pode não ter nada a ver com os sentimentos de saudades e falta que lhe faz sua amiga. Neste momento, você se encontra tão deprimida, que tudo aquilo que sua mente possa construir para lhe fazer infeliz, você simplesmente aceita e abraça. Por esta razão também tenta incluir o seu namorado como se fosse "mais um" problema.

De hoje em diante, você deve tentar separar as coisas:
1. Já faz quase um ano que sua amiga faleceu;
2. Você perdeu uma criança;
3. Seu namorado não lhe entende;
4. Seus sonhos estão ligados à amiga que lhe entendia e apoiava.

Resultado: Sobra você, que é única, está viva e sabe que deseja ser feliz e estar outra vez em equilíbrio.

Tudo depende de você querer! Agora responda a si mesma:

Prefere continuar a alimentar a história de que sua amiga vem em sonhos ou dentro da sua barriga e fazê-la sofrer de onde está?
Ou prefere recuperar sua vida e deixar que Deus promova outra vez o vosso encontro?

Pense nisso, L.. Não alimente este mal estar. Você não faleceu ainda. Está viva e de nada servirá se não estiver devidamente equilibrada.

Se você sente a presença da sua amiga, use com maturidade esta comunicação
! Vais ver que se sentirá melhor, aliviada e ainda acompanhada.

Um beijo grande!
Joice Worm

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá Joice... Ontem eu acordei muito cedo e por volta de umas dez horas me bateu um sono muito forte. Costumo ter esses repentes de sonolencia. Eu deitei e apaguei na mesma hora. Quando meu marido me chamou eu acordei assustada, tinha cochilado meia hora, mas acordei achando que havia dormido o dia todo, à noite e já estivesse amanhecendo noutro dia. Nesse intervalo de sono eu sonhei com muita perfeição que levava uma maca com uma pessoa inconsciente. Essa pessoa, que eu sabia ser um homem, estava todo coberto com tecido não-tecido levemente azul como se fosse um cadáver, mas eu sabia que ele estava vivo e sua cabeça fora coberta para poupar os demais pacientes do hospital de ver a situação daquele doente que tinha um tubo indo da boca, passando pela traquéia e indo até os pulmões. Havia alguém me acompanhando e conversávamos enquanto eu empurrava a maca. Eu disse: Ainda bem que o paciente não é obeso, senão teríamos que ter chamado o corpo de bombeiros. Nisso fui virar o corredor e pedi auxilio para essa pessoa que estava comigo para retirar uma senhora que estava numa cadeira de rodas, pois do outro lado havia mais um paciente numa maca e não dava espaço para passar pelo corredor com ambos ali. Foi nessa hora que meu marido me chamou e acordei. Foi um sonho muito real e eu levava aquele enfermo com muita naturalidade como se fosse uma médica acostumada àquilo. Não tinha nada a ver com a pessoa que sou hoje, que raras vezes teve contato com hospital ou pessoa doente. Será que motivo me levou a sonhar com isso?

Joice Worm disse...

Olá Anônimo,
Seu sonho demonstra que seu espírito imortal não esqueceu o que foi em outra vida.
Não é fácil pensar desta maneira. É preciso acreditar sem compromissos.
Não sei se há algum ditado que disse o que vou comentar, mas para mim, há duas coisas que ninguém pode tirar de nós: Valor e experiência.
Assim, quando você sonha e sente que era médica ou que se sentia como tal, viu e falou com pessoas neste ambiente hospitalar, é porque a sua mente com certeza já experimentou essa experiência de vida.
Um grande abraço para ti,
Joice Worm