Búsqueda personalizada

Páginas

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Espírito que vagueia

"No ano de 2000 tive esse sonho bizarro:
Sonhei que estava acordando em meu quarto, na minha cama. Ao lado, no criado mudo tenho um rádio relógio digital e ele marcava 8 da manhã. Nessa época eu dormia com a porta do quarto fechada. Me levantei e detalhe, eu vestia um baby doll. Bom, abri a porta e no corredor dei de cara com a Maria, minha empregada. Só que ela usava um unforme desses listrados, com meia soquete e tenis branco e para definir a figura ela usava tipo um chapeuzinho. rsrsrs... olhei pra ela que passou batido por mim. Quando me virei fui em direção a sala, mas para minha surpresa a sala não estava lá. O que eu vi foi um hall com uma sacada onde cortinas esvoaçavam e uma escada ladeadas com grade que me levava ao conjunto de salas (enormes) . Eram tres salas. Uma de estar, de jantar e outra que compunha tipo uma sala de som e tv. Eu parei na beira do primeiro degrau e fiquei olhando aquilo super espantada. Resolvi descer e quando estou no meio da escada escuto uma voz de bebê que vinha logo atrás de mim, Me viro e vejo uma moça de uniforme de babá segurando um bebezinho que ansiava por meus braços. Daí eu perguntei a ela:- onde estou, e quem é vc e o bebê? Ah senhora, ela disse, está em sua casa. E este é seu filho e eu a babá. Nossa, eu fiquei petrificada. Dei de ombros e continuei a descer a escada. atravessei as salas e no fim delas encontrei uma porta dessas tipo vai e vem. Passei por ela e vi uma moça na pia cortando legumes e uma mesa farta para o desjejum. E ela se virou e disse: - bom dia senhora, estou colocando bastante cenoura na papinha do bebe como pediu. Era um susto atrás do outro. Eu continuei olhando pra ela que continuava falando: - ah, seu Antonio avisou que hoje vem almoçar em casa. ANTONIO????? QUEM ERA ESSE? Senti uma vertigem e perguntei a ela quem era ele. Ela calmamente me respondeu: Oras... seu marido, madame! Suando frio, eu caminhei até a porta da cozinha e avistei um jardim enorme com uma piscina lindíssima que estava apinhada de gente como uma festa do havai. Nesse momento passou por mim uma adolescente muto bonita. Pele morena, cabelos pretos e lisos até a cintura. Me deu um beijo e disse: - mamãe vc está atrasada para sua aula de nataçao.NATAÇÃO??????? Eu odiava água. Foi quando saí sem rumo pelo jardim e avistei 3 senhoras que conversavam e uma delas segurava o tal bebê, que supostamente era meu. Corri até ela e pedi por misericordia que me levassem pra casa. Eu queria desesperadamente voltar pra casa. E elas me diziam que eu já estava em casa. (nossa que aflição a minha). Daí eu vi uma cadeira no meio do jardim. Corri a ela e me sentei. Foi quando tive a maior experiencia da minha vida. Quando me sentei essa cadeira foi se erguendo lentamente até o céu, onde vi muitas faces angelicais que passavam por mim. Depois a cadeira foi girando e entrando num túnel iluminado. E girando sempre, cada vez mais forte. Foi quando perdi a noção de tudo e acordei transpirando e ofegante. Rapidamente me sentei na cama toda assustada, olhando em volta. Foi quando bati os olhos no digital do relógio que marcava 8 horas e eu estava com o mesmo babydoll. Olhei e a porta do quarto estava fechada. Tive medo de abrir. Mas depois de respirar fundo, abri a porta com a mesma sensação anterior esperando encontrar a sacada e a cortina e todo o resto... mas vi então que estava de volta a realidade. Fim"
L.C.

Nossa... Que sonho espectacular, L.C.!!
Por um lado pode tentar acreditar ou dar o benefício da dúvida, de que o nosso espírito sim, vagueia!. O que seria de nós, se o nosso espírito quando dormíssimos não saísse para dar uma voltinha? (rs). Mas vagueia sim e eu lhe conto que já tive várias experiências a este nível. Por esse motivo já não consigo negar.
Se formos analisar o sonho em si, li que muitas das coisas que viu e sentiu eram de bom destino. O bebê pode ser interpretado como o seu livro que iria ser lançado, mas ainda estava em fôrma. (Será que lembras quando "pensou" em editar seu primeiro livro?).
O descer as escadas normalmente é uma elevação espiritual, pois só indo mais abaixo é que conseguimos dar um salto maior para cima, e quando sentou na cadeira, era por já se encontrar preparada. E a subida foi magnificamente elevada até aos céus.
De resto, a coincidência da hora e do baby doll é um pouco daquilo que a nossa mente retém do mundo real.
Mas para um espírito que lembra por onde ou quando (anos luz, quem sabe?) vagueiou, não há coincidências. Há certezas!
Bem haja!

Bons sonhos, amiga!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

MORTE DE PARENTE

"...Vim para minha casa, comi qualquer coisa e deitei-me. Então, tive um sonho estranho. Sonhei com a minha avó que faleceu há 12 anos, estava dentro de um caixão mas eu peguei nela e ela acordou, depois queria desfalecer mas eu abanava-a e chamava-a e ela abria os olhos. Até que deixei de a chamar e ela faleceu. Acordei com uma terrível dor de cabeça, hoje de manhã. Porquê este sonho?"
M.F.

Olá M.!
Este sonho, dentro do contexto do dia em que passou, pode ser interpretado como aquilo que você eventualmente já espera.
Uma pessoa idosa com a doença de Alzheimer, só precisa de paciência e cuidados para que não se envolva em perigos adicionais, nem ponha ninguém em riscos desnecessários.
Sonhar com a sua avó, foi como se lhe houvesse chamado para lhe ajudar a esclarecer de como poderia ajudar a sua sogra. Infelizmente, esta ajuda não foi dada como esperava e acordaste com dor de cabeça pelo esforço empregado.
Noto que o que você queria era ver sua sogra curada, mas infelizmente, esta doença não tem retorno, amiga. Mas pode de vez em quando, fazer de conta que o tempo em que sua sogra vive é real e atual. Com excepção de fazer a vontade de sair de casa para outro lugar. Nesta hora, diga-lhe que irão mais tarde...
Um beijo grande às duas... Bons sonhos, linda!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Lama

Um sonho que tive em 25 de Agosto de 2007

"Não sei onde me encontrava. Mas sabia que não estava sozinha.Vi uma coisa incrível acontecer. Parecia que as árvores daquele lugar não queria mais estar ali. Vi como elas se movimentavam e subiam os montes de terra que estava em volta, mas estava tão cheio de lama que elas escorregavam de volta para o mesmo buraco.
Chovia muito e de vez em quando aparecia, não sei de onde, uma onda feita de lama que estava sempre a me salpicar. Fiquei incomodada e perguntei onde poderia me limpar. E antes que me dirigisse para o local, a onda pegou-me quase em cheio e fiquei ainda mais suja.
Finalmente cheguei no lugar onde poderia lavar-me e lá já estava um homem e uma criança a fazer o mesmo. E pensei que a água também estivesse suja, pois a proporção que o homem (vestido com as suas roupas) molhava-se, a água que saia do seu corpo era vermelha.Fiquei em dúvida se continuava suja ou se arriscava me limpar com aquela água. Não tinha muitas hipóteses. Fiquei a espera da minha vez a olhar ansiosamente para o jorro de água, que afinal já era branca e saía do cano...
Acordei..."
Joice Worm

Gosto de anotar os meus sonhos para verificar o que se passou a seguir e constatar que o que sonhei teve alguma coisa a ver com a realidade que viria a acontecer.

Coincidentemente, escrevi no Blog nesta mesma data e fiz um comentário sem interpretação à um amigo. Disse-lhe eu...

"Tenho tido sonhos incríveis esta semana, mas atribuo isto ao factor psicológico de querer vender a nossa casa e mudar de País. Estou um pouco cansada, ansiosa e sonho com um futuro que já deve estar próximo dos meus desejos... Daí, surge alguns medos, receios e fraquezas... É humano.
Vou impedindo que tais monstros se alojem em meus pensamentos e escrevo para escaparem da minha cabeça!
Das regressões, já fiz 3 sozinha, deitada em minha cama. Já fui parar em 3 lugares diferentes, mas não encontro ligação com ninguém que conheço nesta vida. Só sensações de desconforto como, um vez que me vi no meio de um incêndio em que me salvei em cima de um telhado... Durou 2 a 3 minutos, mas foi incrivelmente real."

O que se passou, é que realmente mudamos de país, mas não conseguimos vender a casa. Ela não é má. Ainda é nossa (diz o papel, pois nada é nosso neste mundo...). O lugar em que ela está implantada é que estava nos matando. O futuro parecia que não existia e o que nos rodeava, nos sufocava a alma.
Agora, tudo parece mais claro de se ver e o ar mais respirável.
Nossas decisões são tomadas com mais consciência e nossa força de vontade é muito maior...

Bem haja!

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Caveira

"BEM VENHO CONTAR NÃO É BEM UM SONHO, PARA MIM É UM PESADELO MAS ÀS VEZES NO DECORRER DA VIDA O TENHO.
O FINAL É SEMPRE O MESMO E O SENTIMENTO MUITO RUIM.
ESTES DIAS DURANTE A NOITE SENTI COMO SE TIVESSE ALGO ME TOCANDO AS PERNAS E DEPOIS VAI SUBINDO E COMEÇA A ME SUFOCAR ENTÃO COMEÇO A MANDAR ISTO EMBORA AO PONTO DE SENTIR MEU CORPO CANSADO, AFINAL DEMORA MAIS SE VAI.
HÁ ALGUM TEMPO ATRÁS TIVE O MESMO PESADELO SÓ Q DESTA VEZ SENTIA COMO SE FOSSE MÃOS DE UMA CAVEIRA ME APERTANDO AS COSTELAS E OUTRA VEZ MANDAVA EMBORA. E EM MEIO A TANTA LUTA SE VAI. RECORDO Q TENTAVA CHAMAR ALGUÉM MAS MINHA VOZ NÃO SAÍA, EMFIM AMIGA NEM SEMPRE OS SONHOS SAO BELOS PODE POR FAVOR ME AJUDAR A ENTENDÊ-LO.
MUITOS BJINHUS. OBRIGADA"

Realmente este sonho não é muito bom, Anônimo, mas também não pode fazer dele a sentença da sua vida. Se o sonhar com caveira, esqueleto ou algo que lhe transporte à obscuridade, significa morte, doenças ou perda de negócios... (pesquisando verás...), acho que a partir daí é que deverias lutar para que acontecesse exatamente o contrário. Afinal quem manda na sua vida? Afinal o que você realmente quer atrair?
Com certeza gostaria de dormir sem ter medo de sonhar; não ter doenças e ser bem sucedida nos negócios. Então, ao invés de pensar que o sonho é um preságio, poderia pensar que ele é na verdade, um aviso para que não se descuides.
Interprete a perna que prende como a sua vontade contrária àquilo que você tem medo de enfrentar.
A voz não sai neste momento de aflição, porque enquanto dormimos nem todas as funções estão operacionais.
Experimente ver um filme de comédia antes de dormir. Ouça uma música alegre e cantarole enquanto escova os dentes. Vais ver como lhe vai descontrair...

Obrigada por me enviar este sonho que chamas de pesadelo.
Acho que nem tudo que incomoda é mal...

Durma bem, preciosa(o)!

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Igreja

"Não sei precisar o tempo em que tive um sonho (mais de 30 anos) mas que continua presente em mim. Eu andava a correr, a fugir de algo ou alguém, subindo e descendo escadas que se encontravam à volta de uma igreja grande e mais umas pequenas. Que significado terá este sonho, Joyce?"
M.A.

Sonhar com Igreja, assim como qualquer outro edifício, sempre pede um pouco mais de informações, M.A... Como: se a igreja estava em ruínas; se era branca; se estava iluminada; etc. Mas assim mesmo, experimento interpretar com o mínimo de detalhes em que o sonhador se identifica ou lhe chama mais atenção. Pois bem...
Disse-me que foi há mais de trinta anos, e você não esqueceu que, apesar de estar a fugir, sentia que a escada em que subia e descia estava "à volta da igreja". Os altos e baixos de uma escada nos dá a indicação de uma certa indecisão em seguir um caminho de evolução pessoal. Por incrível que pareça, descer uma escada em um sonho é melhor do que subir, pois quando estamos descendo estamos nos purificando à proporção que retrocedemos. Assim, ganhamos mais força para nos impulsionar à próxima subida.
De qualquer forma, naquela época você estava com inúmeras indecisões. E o que lhe dava segurança era exatamente o fato de estar ao lado daquela igreja.
O estar a fugir de algo ou alguém, seria provavelmente de você mesma. Com toda certeza, já deve ter compreendido alguma coisa deste sonho, mesmo sem a minha explicação. Ele em sua totalidade tem a ver com a sua personalidade e como, apesar dos altos e baixos que passou, esteve sempre presente uma crença imbatível que lhe ajuda até hoje. Por isso se mantêm presente. Como que guardadado em uma caixinha preciosa: Você!

Um beijo, M.
Durma bem...


"Bom dia Joice.
Consegui seu email pelo seu blog. Parabéns por ele, está muito bom.
Gostaria de saber se você poderia me ajudar. Sonhei que estava na rua, e vi uma igrejinha muito bonita e bem cuidada. Entrei nela, tinha uma porta aberta e subi até a torre dela e lá fiquei. Estou passando por um momento muito difícil. Gostaria de saber o que isso poderia significar.
Pode me ajudar?"
O.N.

Este é um sonho maravilhoso para o momento difícil que estás passando, O.
Sonhar com uma Igreja: bonita, portas abertas, entrar nela, se sentir protegido e ir até a torre, são todas indicações de que encontrará consolo e solução para os seus problemas.

Agora, o que tens que fazer é aproveitar o sonho tranquilo e confortante que teve e se sentir confiante de que a providencia divina está a ponto de lhe encontrar!

Um grande abraço